Quinta-feira
15 de Novembro de 2018 - 

Controle de Processos

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, R...

Máx
36ºC
Min
21ºC
Pancadas de Chuva a

Endereço

Avenida Rio Branco 156 Sala 2837
Centro
CEP: 20040-003
Rio de Janeiro / RJ
+55 (21) 2235-2169+55 (21) 2143-1035+55 (21) 999797435

Home

Mediação em Libras será realizada no Fórum de Leopoldina

Linguagem Brasileira de Sinais | Foto: Reprodução/ Migalhas A Casa da Família, no Fórum de Leopoldina, em Olaria, na Zona Norte do Rio, fará nesta quinta-feira (12) uma audiência de mediação com a participação de um intérprete de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). Na sessão com o juiz André Tredinnick, titular da 1ª Vara de Família, será debatida a revisão de proposta de pensão no qual ambas as partes têm deficiência auditiva. Segundo a conciliadora Mayara Jordão, da câmara de conciliação e mediação “Vamos Conciliar”, a realização de uma sessão com uso de tradução em Libras é um exemplo e mostra que a Justiça deve atender a necessidade de todos os seus usuários. “A pacificação social precisa estar ao alcance de todos e este Tribunal está nos dando o exemplo de como promover a inclusão social dentro do judiciário”, disse ela. Leia também: CCJ da Câmara aprova a criação dos Juizados Especiais Criminais Digitais Nota da AMAERJ sobre polêmica judicial repercute na imprensa 150 juízes concluem curso sobre turmas recursais na EMERJ Mayara pontua que, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 45 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência. Para a conciliadora, essa parcela da sociedade precisa de tratamento diferenciado. “Os Tribunais e todos os serviços públicos e privados precisam atender as demandas da sociedade de acordo com a necessidade de cada público”, comentou. A conciliadora ressalta que ao menos dois decretos – decretos 9.404/18 e 9.405/18 – publicados este ano têm o intuito de estabelecer a reserva de assentos em persos ambientes e determinar medidas de acessibilidade e atendimento prioritário para as pessoas com deficiência. No entanto, apesar das previsões em lei, Mayara faz um alerta: “Temos decretos e políticas públicas que buscam facilitar a vida de pessoas com deficiência, mas nada melhor do que a prática.” Fontes: Migalhas e Coluna Ancelmo Gois (O Globo)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  430743